Consulados dos EUA abrem agendamento para emissão de visto a estudantes



Os consulados dos Estados Unidos no Brasil estão com agendamento aberto para a emissão de visto para estudantes. Nesta sexta-feira (21), a chefe da Seção Consular da Embaixada em Brasília, Antonia Cassarino-Gonçalves, detalhou as regras para a solicitação do documento (veja passo a passo abaixo).

O governo americano restringiu a geração de vistos em maio de 2020, por conta da pandemia da Covid-19. Em 16 de abril, a regra foi flexibilizada, abrindo exceção para estudantes matriculados em cursos com início a partir de 1º de agosto. Os vistos para turismo continuam suspensos.

  • Cresce 'turismo das vacinas' entre o México e os Estados Unidos

Entre as normas para que os alunos entrem no país, está a obrigatoriedade de apresentar exame de Covid-19 negativo, do tipo RT-PCR. O resultado deve ser de até três dias antes do embarque. Quem pode emitir visto? Neste momento, novos vistos são emitidos apenas para duas categorias:

  • F: para estudante acadêmico

  • M: para estudante vocacional/não acadêmico

Para ingressar nos EUA, os alunos devem estar matriculados em programas com início a partir de 1° de agosto. Como solicitar o visto?

  1. Solicite junto à instituição em que está matriculado um I-20, documento de imigração feito pela escola;

  2. Preencha o formulário de visto indicado no site da embaixada e faça o pagamento das taxas MRV e Sevis;

  3. Após confirmação do pagamento, o estudante estará apto a fazer o agendamento para entrevista no consulado.

Quais são os prazos para emissão e embarque? A entrevista no consulado, que é presencial, deve ocorrer até 120 dias antes da viagem. A entrada no país pode ser feita em até 30 dias antes do início das aulas. O que acontece com quem já tem visto? Os estudantes que já têm o visto no passaporte, assim como o I-20 com data a partir de 1° de agosto, podem viajar sem a necessidade de entrar em contato com a embaixada ou consulado. É preciso estar vacinado ou apresentar teste de Covid? Para ingressar nos EUA, não é preciso estar vacinado contra o novo coronavírus. No entanto, é obrigatório apresentar um teste do tipo RT-PCR com resultado negativo, emitido até 3 dias antes do embarque.

1 visualização0 comentário